Uber vai ter acesso a dados de CNH de motoristas para evitar fraudes

Em acordo com Serpro, empresa vai usar CNH e Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV) para verificar informações

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 02/04/2019 15:38

Motoristas e candidatos a trabalhar com a Uber terão as informações verificadas pela empresa em tempo real para evitar fraudes. Um acordo foi assinado nesta terça-feira (2/4) com o Serpro, empresa de TI do governo federal, com o objetivo de analisar dados pessoais dos condutores por meio da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e do Certificado de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV).

Agora, a Uber poderá confirmar de forma on-line o nome, a data de nascimento e o número da identidade do motorista, além de verificar a validade da carteira de habilitação. Também foi desenvolvido um software para conferência da foto dos trabalhadores.

Além dos dados pessoais dos cadastrados no aplicativo, a empresa poderá avaliar a situação do veículo usado para as corridas. Assim, se o carro for roubado, por exemplo, a Uber terá condições de identificar essa situação.

“Acreditamos que por meio da tecnologia conseguiremos oferecer recursos de segurança cada vez mais robustos de forma escalável. A integração com um parceiro com a expertise do Serpro, e as informações do Denatran, permitirá que os nossos critérios de qualidade e segurança sejam aplicados cada vez com maior eficiência e rapidez”, afirmou o diretor de Comunicação da Uber no Brasil, Fábio Sabba, em nota.

Atualmente, a Uber faz uma checagem de antecedentes criminais para que os motoristas comecem a trabalhar com o aplicativo. A empresa informa que essa verificação é feita a cada 12 meses para quem já é parceiro da plataforma.

Últimas notícias