Turista catarinense foi estuprada antes de assassinato, diz laudo

Relatório do IML apontou que Fabiane Fernandes sofreu violência sexual em trilha de Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro

Reprodução/TV Globo

atualizado 15/12/2018 19:34

A turista catarinense Fabiane Fernandes, de 30 anos, assassinada em Arraial do Cabo (RJ) no dia 18 de novembro, foi estuprada pelo suspeito do crime, Matheus Augusto da Silva, antes de morrer. A informação foi divulgada neste sábado (15/12) em laudo do Instituto Médico Legal (IML).

De acordo com o delegado Renato Mariano, da 132ª DP, o suspeito deu depoimentos contraditórios sobre o caso e negou as acusações.

Fernandes teve ossos da face quebrados e morreu por traumatismo cranioencefálico. Na próxima semana, um exame de DNA deve comparar o material genético achado na vítima com o homem detido.

 

Últimas notícias