Azul e MAP pedem cada uma 41 slots da Avianca em Congonhas

Há 41 horários que eram da Avianca e serão redistribuídos entre as solicitantes

Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

atualizado 30/07/2019 9:54

Quatro empresas aéreas solicitaram horários de pousos e decolagens que eram operados pela Avianca no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Azul e a amazonense MAP solicitaram 41 slots cada no terminal paulista. Já a Passaredo requereu 30 horários e a companhia Two pediu outros 14 slots no terminal paulista.

Há 41 horários que eram da Avianca e serão redistribuídos entre as solicitantes. As solicitações para ocupar o lugar da Avianca foram encaminhadas na segunda-feira (29/07/2019) e a distribuição dos horários será feita ainda nesta terça-feira. A expectativa é que o resultado seja divulgado até o fim da tarde.

A partilha dos horários ocorrerá sob uma nova regra temporária aprovada pela Anac e que beneficia diretamente a Azul. As concorrentes Latam e Gol não poderão disputar os slots.

Pela nova regra, companhias consideradas “entrantes” – aquelas que têm até 54 voos por dia no aeroporto – poderão disputar 100% dos horários da Avianca. Antes, a regra para ser considerada “entrante” delimitava as companhias que tinham apenas 5 horários diários – o que excluía a Azul.

De acordo com portaria divulgada na segunda pela Anac, “para realizar a alocação igualitária” dos horários em Congonhas, será adotada, quando possível, a “distribuição de pares de slots (chegada e partida) em regime de rodízio, observando o porcentual do banco de slots que será distribuído inicialmente às empresas aéreas entrantes no aeroporto”.

Últimas notícias