TJRJ determina afastamento de bombeiro acusado por morte de ciclista

Capitão João Maurício Correia Passos é réu pelo atropelamento e morte do ciclista Cláudio Leitte da Silva, de 52 anos, no dia 11 de janeiro

atualizado 29/07/2021 17:52

João-Maurício-Correia-PassosFoto: Reprodução/Polícia Civil

Rio de Janeiro – O Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) determinou, nesta quarta-feira (28/7), o afastamento do capitão do Corpo de Bombeiros João Maurício Correia dos Passos. Ele responde pela morte do ciclista Cláudio Leitte da Silva, de 52 anos, no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da cidade, em janeiro deste ano.

A decisão é da juíza Luciana Fiala, da 31ª Vara Criminal. Passos ficará afastado até a conclusão do laudo do Incidente de Dependência Toxicológica, solicitado pela defesa do militar.

“O pleito defensivo não se coaduna com o exercício da atividade de bombeiro militar”, aponta a juíza no documento.

A perícia deverá ser realizada por médicos do Hospital Penitenciário Heitor Carrilho e o laudo deverá ser apresentado em até 45 dias a partir da data do exame, que ainda não foi agendado.

0

Últimas notícias