Terremoto no Peru é sentido em ao menos sete cidades do Acre e de Rondônia

O Serviço Geológico dos Estados Unidos, que monitora atividades sísmicas no mundo, diz que epicentro foi 13,5 km da superfície

atualizado 10/10/2021 9:34

Terremoto no Peru é sentido em ao menos sete cidades do Acre e de RondôniaReprodução/Serviço Geológico dos Estados Unidos

Um terremoto de magnitude 5,7 que atingiu o Peru na noite desse sábado (9/10) foi sentido em ao menos sete cidades brasileiras no Acre e em Rondônia. Não há registro de feridos ou de danos nestas localidades.

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), que monitora as atividades sísmicas no mundo, o epicentro do abalo aconteceu a 13,5 km da superfície.

Essa distância é considerada pequena e pode ter sido a causa do fenômeno natural ter sido mais forte e chegasse ao Brasil.

Os tremores foram sentidos em Arena da Floresta, em Rio Branco, durante a final do campeonato acreano, entre Rio Branco e Humaitá.

A capital do Acre está localizada a cerca de 1,1 mil quilômetros do epicentro do terremoto. Porto Velho, em Rondônia, está a 1,6 mil quilômetros do centro dos abalos.

O epicentro do fenômeno foi registrado entre o Parque Nacional de Manú e o Parque Nacional Alto Purus. Apesar da grande intensidade e da pouca profundidade, os danos não foram extensos, já que a área é rodeada por mata.

Segundo a Polícia Militar de Rondônia, vários pedidos de socorro e relatos referentes ao tremor de terra foram feitos ao 190, mas, até o momento, não houve registro de acidentes ou pessoas feridas.

Esse é o segundo tremor em uma semana. No sábado (2/10), um terremoto de magnitude 5,9 foi sentido na cidade de Taraucá, interior do Acre.

“Coisa de segundos”

Em Senador Guiomard, no Acre, a auxiliar de farmácia Railine da Silva estava com a filha no momento em que sentiu a terra tremer.

“Estava sentada, conversando e de repente senti tremer. Foi uma sensação como se tivesse tonta. Depois olhei para o lado e estava balançando o varal. Foi bem rápido, coisa de segundos”, contou em entrevista ao G1.

O motorista Silas Nascimento, de 33 anos, que mora em Rio Branco, contou que estava sentado em casa com a esposa quando sentiu alguma coisa estranha.

“Estávamos no sofá vendo TV e eu senti uma pequena tontura. Minha esposa falou que tinha sentido um balanço aí depois de alguns segundos nos demos conta do que aconteceu, que foi um tremor de terras. Fiquei preocupado, pois estou fazendo uma obra em casa e fiquei com medo de ter abalado a obra, mas foi um tremor bem fraco e não aconteceu nada”, destacou.

Últimas notícias