Tamanduá-bandeira é flagrado passeando por rua de Goiânia; vídeo

Animal foi flagrado por populares, durante a madrugada, andando por rua da capital goiana. Casos estão cada vez mais comuns na região

atualizado 25/10/2021 17:05

goias tamandua ruas goianiaReprodução

Goiânia – O maior dos tamanduás, o bandeira, foi flagrado andando tranquilamente por rua da capital goiana durante a madrugada desse domingo (24/10). Um vídeo registrado por populares mostra o animal passeando pela Vila João Vaz, na região oeste do município.

Nas imagens, a pessoa que faz a filmagem fala a localização do animal e que vai acionar o Corpo de Bombeiros para o resgate do animal, no entanto, a corporação não registrou nenhuma ocorrência.

Veja o registro:

“Tadinho, deve estar perdido, né?!”, diz o homem que registrou o vídeo.

Também é possível ouvir, no vídeo, o barulho da manifestação de diversos cachorros com a passagem do animal pela rua.

Presença na cidade

Os flagrantes de animais silvestres como tamanduás em centros urbanos estão cada vez mais comuns. No início de outubro, um tamanduá-mirim foi resgatado após se refrescar na piscina de uma residência em Caldas Novas, distante cerca de 170 km de Goiânia. Segundo a moradora da casa, onde o tamanduá foi visto, ela mora nas proximidades do Parque Estadual da Serra de Caldas Novas.

Em março, outro tamanduá-bandeira também foi visto andando pela cidade de Goianira, na região metropolitana de Goiânia. O animal caminhava tranquilamente pelas vias públicas. Depois, foi se esconder no capim de um lote baldio. O Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para fazer o resgate. O animal foi capturado no lote. Posteriormente, o bicho foi solto em uma área de conservação que fica afastada da zona urbana.

O tenente Guilherme Lisita, comandante da Companhia do Corpo de Bombeiros da cidade, disse ao Metrópoles que tem sido cada vez mais comum a presença de animais silvestres no meio urbano.

0
Cobra

Na mesma época, bombeiros realizaram o resgate de outro animal na cidade: uma jiboia que foi encontrada por moradores em um lote. Ela foi capturada e também solta em uma mata nas imediações de Goianira.

“Para resguardar a vida humana e também do animal, a gente faz a captura e verifica as condições do bicho. Quando ele está saudável, a gente solta direto no meio ambiente”, explica o tenente Lisita. Se tiver algum ferimento, o animal recebe tratamento antes de ser solto.

O maior

O tamanduá-bandeira é a maior das espécies de tamanduás. É facilmente reconhecido pelo seu longo focinho, dotado de língua que usa para coletar formigas, cupins e outros insetos. Outra característica é a calda peluda com aparência de uma bandeira. Vem daí a sua denominação. Atinge, em média, de 1,8 m a 2,1 m de comprimento. O peso pode chegar em torno de 40 kg.

É muito comum no bioma Cerrado, mas pode ser encontrado em vários ambientes de savanas e florestas das Américas do Sul e Central. É listado como espécie vulnerável quanto ao risco de extinção. Mas já está extinto em lugares como o Uruguai e sofre sérios riscos na América Central. É suscetível a morte por queimadas ou atropelamentos.

Em Goiás e Brasília são vistos frequentemente em campos abertos à procura de alimentos e às margens de rodovias. Mas também pode ocorrer de aparecerem em zonas urbanas, como foi o caso desse espécime resgatado em Goianira.

Mais lidas
Últimas notícias