Suspeito de executar bombeiro é morto pelos comparsas em discussão

Corpo foi encontrado em cemitério clandestino onde facção criminosa escondia as vítimas executadas

atualizado 22/07/2021 9:19

Suspeito de execução, homem é assassinado por comparsasReprodução

Suspeito de matar o bombeiro militar Allan Tadeu Neco, Abner Malato Trindade, de 24 anos, foi encontrado morto, em Ananindeua, na Grande Belém (PA). O local onde o corpo estava é o mesmo onde foram enterrados Allan e uma outra vítima que também teria sido assassinada por Abner.

A suspeita é de que tratava-se de um cemitério clandestino para uma facção criminosa que atuava na área. As informações são do Alagoas 24 Horas.

Há dois meses, o bombeiro Allan foi torturado e executado por um grupo criminoso. A polícia local ainda procura os responsáveis pelo crime, que estariam foragidos junto com Allan.

No sábado (17/7), Allan teria se reunido com comparsas quando, durante um desentendimento, acabou executado com cinco tiros.

Últimas notícias