Surto de gripe no Rio provoca internação de 27 crianças na rede SUS

Secretaria Municipal de Saúde alerta: sem vacinação, registros de casos graves de Influenza podem aumentar na capital fluminense

atualizado 25/11/2021 14:14

Aline Massuca / Metrópoles

Rio de Janeiro – Surto de gripe nas unidades de saúde do Rio já provocou a hospitalização de 27 crianças, com a forma grave da doença. Ao todo, mais de seis mil casos de Influenza A (gripe) foram identificados na capital fluminense nas duas últimas semanas, um aumento de 38% em relação às semanas anteriores.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a alta se deve à baixa adesão à campanha de vacinação contra a gripe em abril, movimento que coincidiu com a imunização contra a Covid-19. Para conter o surto e evitar o aumento das internações, a SMS convoca toda a população carioca para receber a dose do imunizante, disponível em 280 pontos de vacinação.

Nesta quinta-feira (25/11), o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, se afastou das funções, diagnosticado com Influenza (gripe). Ele anunciou que foi contaminado pelo Twitter.

De acordo com o secretário de Saúde, Daniel Soranz, além dos três segmentos do público-alvo, toda a população precisa estar vacinada contra o vírus da Influenza, que tem como subtipo mais foi identificado nas testagens o H3N2.

“Temos mais de seis mil casos no Rio. As unidades de saúde perceberam o aumento de casos com problemas respiratórios. Esses pacientes testaram negativo para Covid, mas positivaram para Influenza. A gente esperava esse aumento de casos com a chegada do verão, mas é resultado da baixa cobertura vacinal contra a gripe”, explica o secretário.

0

Segundo Soranz, o surto agora se deve ao fato de o vírus da Influenza estar mais ativo, consequência da redução de casos de Covid-19 a partir do sucesso da vacinação contra o coronavírus.

“Enquanto a Covid-19 esteve mais forte, a preocupação maior foi vacinar contra a Covid, e havia uma janela para a receber as doses das vacinas. Agora, que não há qualquer contraindicação e as pessoas podem receber as doses das duas vacinas no mesmo dia e os casos de gripe estão crescendo, é importante vacinar contra a Influenza. E é importante ressaltar que as pessoas devem buscar o posto o mais rápido possível, uma vez que o imunizante demora 14 dias para começar a ter efeito”, alerta.

Mais lidas
Últimas notícias