SP reserva doses de Coronavac para crianças mesmo sem aval da Anvisa

Governo de SP guardou 12 milhões de doses do imunizante. Butantan deve fazer novo pedido para imunizar pessoas de 3 a 17 anos

atualizado 08/12/2021 13:43

vacina criançaLuis Alvarez/Getty Images

São Paulo – O governo de São Paulo anunciou que reservou 12 milhões de doses da Coronavac para vacinar crianças de 3 a 11 anos. Entretanto, o Instituto Butantan ainda não tem autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para imunizar menores de 18 anos.

Dimas Covas, diretor do Butantan, afirmou que deve fazer, na semana que vem, um novo pedido para a Anvisa para vacinar crianças de 3 a 17 anos.

Em agosto, a agência negou o primeiro pedido, alegando falta de estudos que comprovem a eficácia e segurança do imunizante neste público.

Atualmente, nenhum antígeno disponível no país tem autorização para ser aplicado em crianças. A Pfizer é a única que pode vacinar menores de 18 anos, mas apenas adolescentes a partir de 12 anos.

“O mundo está fazendo um grande movimento de vacinação da população infantil e de adolescentes. A China anunciou que vacinará a população de 3 a 11 anos até o fim deste ano. Países vizinhos como o Chile começaram a vacinar esta população em setembro deste ano”, exemplificou Dimas Covas.

Ele disse que “já existem inúmeros estudos” mostrando a eficácia da Coronavac em crianças e adolescentes.

Mais lidas
Últimas notícias