SP: Polícia prende “Loirosa”, amiga da “Gatinha da Cracolândia”

Mulher faz parte do mesmo grupo que traficava drogas com a "Gatinha da Cracolândia". "Loirosa" pintou o cabelo para se esconder da polícia

atualizado 12/08/2021 14:26

Lorraine Romeiro Bauer Gatinha da Cracolândia Fantástico ao lado do namorado André AlmeidaFoto: Fantástico/Reprodução

São Paulo – A Polícia Civil de São Paulo prendeu Talita Gomes Feliz, de 35 anos, conhecida como “Loirosa”, na região da Liberdade, em São Paulo (SP), nesta terça-feira (10/8).

“Loirosa” é acusada de tráfico de drogas e atua na mesma quadrilha que Lorraine Romero Bauer, de 19 anos, a “Gatinha da Cracolândia”.

0

“Loirosa” é suspeita de atuar na venda de crack na região central de São Paulo. A mulher é investigada há mais de seis meses pela polícia. Ela até pintou o cabelo para tentar se disfarçar e não ser descoberta.

Vendas de drogas

A “Gatinha da Cracolândia” ficou conhecida depois de ser presa pela Polícia Civil. A jovem de 19 anos foi acusada de vender e distribuir drogas nas barracas montadas na Cracolândia.

O mandado de prisão foi baseado em imagens de Lorraine circulando no fluxo, como é chamada a concentração de usuários de drogas na cracolândia.

Mais lidas
Últimas notícias