metropoles.com

Sondado pelo Centrão, diretor do Interlegis declina diretoria da Apex

Na direção-executiva do think tank do Senado, Márcio Coimbra é contra a condução de Sérgio Segovia

atualizado

Compartilhar notícia

O diretor-executivo do Interlegis, Márcio Coimbra, foi sondado por representantes do Centrão para retomar um cargo na direção da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex). Insatisfeito com a gestão atual do presidente, Sergio Segovia, ele negou.

Coimbra é crítico da ascensão dos militares no governo e tem ressalvas quanto ao número de fardados em cargos-chave da atual administraçÃo. Nesse caso em específico, ele avalia que Segovia tem limitado o leque de atuação do órgão – que serve para promover produtos brasileiros em outros países.

No início da administração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Coimbra foi diretor de gestão corporativa da agência. Após a turbulenta passagem de Letícia Catelani na presidência da Apex, Coimbra optou por sair e pediu demissão.

Com bom trânsito entre senadores, ele foi indicado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), à direção do Interlegis – braço de estudos da Casa.

Segovia, na sua avaliação de Coimbra, está usando a Apex com um viés interno e não a de promover vendas ou produtos brasileiros.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?