Sobe para 45 o número de mortos em decorrência das chuvas em MG

Somente em Belo Horizonte, a Defesa Civil confirmou 13 mortes. Cinco eram de uma mesma família, que morreram após desabamento

atualizado 27/01/2020 11:46

LUIDGI CARVALHO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A Defesa Civil de Minas Gerais confirmou mais uma morte em decorrência das chuvas que atingem o estado há quatro dias. Com mais esse óbito, o número de vítimas subiu para 45. A identidade da vítima não foi divulgada. Ao todo, 18 pessoas continuam desaparecidas.

Somente em Belo Horizonte, a Defesa Civil confirmou 13 mortes. Cinco eram de uma mesma família, que morreram após desabamento de casa na última sexta-feira (24/01/2020).

A maior parte dos óbitos ocorreram em deslizamentos e soterramentos. As tempestades atingem os mineiros há quatro dias.

O governo federal decretou situação de emergência em 47 municípios mineiros. As cidades têm sofrido com um rastro de destruição após as fortes chuvas que atingem o estado.

O ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, esteve em Belo Horizonte neste domingo (27/01/2020) e garantiu que o governo federal vai disponibilizar R$ 90 milhões para atender às demandas relacionadas às chuvas.

Com o decreto da União, o governo federal pode enviar recursos para conter danos à saúde e aos serviços públicos. Nos próximos seis meses, as prefeituras podem pedir apoio para ações emergenciais, como abastecimento de água potável por caminhão-pipa, de distribuição de comida e de retirada de famílias de áreas de risco.

Últimas notícias