Servidor: entenda o plano de demissão anunciado pelo Dataprev

Programa de Adequação de Quadro (PAQ), ação de incentivo à exoneração, com meta de tirar 493 funcionários da empresa, foi lançado nesta 4ª

IGO ESTRELA/METRÓPOLESIGO ESTRELA/METRÓPOLES

atualizado 08/01/2020 15:15

O Dataprev anunciou nesta quarta-feira (08/01/2020) um plano de demissão que afetará 15% do quadro da estatal. Ao todo, 493 dos 3,3 mil servidores serão dispensados.

Um Programa de Adequação de Quadro (PAQ), uma ação de incentivo à exoneração, foi lançado nesta quarta-feira (08/01/2020) pela empresa para desligar os empregados.

“O PAQ é uma ação, dentre diversas outras, focadas no ganho de eficiência e competitividade, que visam o enfrentamento dos desafios
colocados pela atual conjuntura econômica, pelo quadro de restrição orçamentária dos principais clientes e pela necessidade de reposicionamento frente ao mercado”, destaca o órgão, em nota.

Metrópoles preparou um guia com os principais pontos do projeto, o que será oferecido aos servidores e o que muda com a reestruturação do órgão.

  • O custo previsto dos incentivos que serão dados aos funcionários será de R$ 56 milhões.
  • Será oferecido um adicional de 5% sobre a multa de 40% do FGTS
  • O governo federal pagará 12 meses adicionais de plano de saúde e de previdência privada.
  • O valor máximo de incentivos e verbas rescisórias previsto no programa é de R$ 300 mil.
  • Um simulador estará disponível aos funcionários para comparar as vantagens de adesão ao programa.
  • O programa de desligamento ficará aberto para adesão até 20 de janeiro e será encerrado em fevereiro.

Últimas notícias