metropoles.com

Em reestruturação, Dataprev vai demitir 15% dos servidores

Estatal que processa o pagamento dos benefícios do INSS vai encerrar atividades em 20 estados e dispensar 493 funcionários

atualizado

Compartilhar notícia

Andre Borges/Esp. Metrópoles
INSS Dataprev
1 de 1 INSS Dataprev - Foto: Andre Borges/Esp. Metrópoles

O Dataprev, estatal de processamento dos benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), demitirá 493 servidores. O índice representa 15% do quadro, que possui 3,3 mil funcionários. A expectativa do governo é de gerar uma economia anual de R$ 93 milhões.

O órgão está no radar do governo federal para ser privatizado. O Dataprev encerrará atividades em 20 estados. Um Programa de Adequação de Quadro (PAQ), uma ação de incentivo à exoneração, foi lançado nesta quarta-feira (08/01/2020) pela empresa para desligar os empregados.

Os funcionários que não aderirem ao programa, que prevê um conjunto de incentivos para deixarem a empresa, serão demitidos. Eles não terão a opção de transferência para outras unidades que continuarão funcionando.

“A crescente e inevitável digitalização e modernização das ferramentas tecnológicas trouxeram, nos últimos anos, uma nova lógica de
funcionamento e organização das atividades produtivas da Dataprev. Hoje, essas atividades estão concentradas nas unidades de Processamento de Dados (data centers) e Desenvolvimento (UDs), responsáveis por toda da geração de receita da empresa“, destaca comunicado da empresa.

A estatal entrou no Programa Nacional de Desestatização (PND) do governo federal no fim do ano passado com o Serpro, empresa de processamento de dados. O programa de desligamento ficará aberto para adesão até 20 de janeiro e será encerrado em fevereiro.

“O PAQ é uma ação, dentre diversas outras, focadas no ganho de eficiência e competitividade, que visam o enfrentamento dos desafios
colocados pela atual conjuntura econômica, pelo quadro de restrição orçamentária dos principais clientes e pela necessidade de reposicionamento frente ao mercado”, frisa o texto.

O Dataprev vai centralizar atividades em sete regiões consideradas estratégicas: Ceará, Distrito Federal, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo. Nesses estados estão localizados os seus data centers e suas unidades de desenvolvimento.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações