Seringas de maconha líquida são apreendidas em ação policial no Rio

A operação nesta segunda-feira (6/12) recolheu 100 seringas em uma abordagem a um veículo na Rodovia Presidente Dutra

atualizado 06/12/2021 21:32

Polícia apreende maconha líquida no RioDivulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro

Rio de Janeiro – Uma apreensão de 100 seringas com maconha líquida chamou a atenção de policiais da 93ª DP (Volta Redonda), Sul Fluminense. A ação dos agentes aconteceu na Rodovia Presidente Dutra, na entrada do município, nesta segunda-feira (6/12).

0

O entorpecente estava em um Logan preto onde também foram encontrados oito mil pinos de cocaína. Segundo o delegado Edezio Ramos, responsável pelas investigações, a maconha líquida é esquentada e depois inalada em cigarros eletrônicos e narguilés.

“Essas seringas não têm agulha. A droga líquida, conhecida como óleo de butano, é aquecida e depois inalada. Por isso, é considerada muito mais potente do que a outra, vendida como cigarro”, explicou Edezio Ramos.

Os entorpecentes estavam com um homem de 32 anos que afirmou transportar as drogas do Complexo da Maré, na zona norte, para o bairro da Conquista, em Volta Redonda.

Mais lidas
Últimas notícias