*
 

O projeto responsável pela criação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp) foi aprovado, nesta quarta-feira (16/5), pelo plenário do Senado. Mais cedo, a medida havia sido avaliada e aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. O texto segue para ser sancionado pelo presidente da República, Michel Temer.

O Susp prevê que instituições de segurança federais, distritais, estaduais e municipais atuem e compartilhem informações de forma integrada. De acordo com a proposta, ocorrências e  investigações registradas deverão ser padronizadas e aceitas por todos os integrantes do sistema.

A iniciativa estará sob responsabilidade do Ministério da Segurança Pública. A pasta é responsável por coordenar ações para modernizar os órgãos de Segurança Pública e Defesa Social.

O governo vem tentando aprovar o projeto que cria o Susp desde o início da intervenção federal na segurança do Rio de Janeiro, em fevereiro deste ano. O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), é um dos principais defensores da proposta aprovada nesta quarta.