Seca, estiagem e chuvas: governo decreta emergência em 5 estados

De acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira, 14 cidades estão sob riscos por conta do clima

ALBERTO WU/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOALBERTO WU/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

atualizado 15/01/2020 10:43

As intempéries do clima obrigaram o governo federal a decretar estado de emergência em cinco unidades da Federação. A seca, a estiagem prolongada, as chuvas intensas e inundações chamaram a atenção do Ministério do Desenvolvimento Regional e da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil. 

De acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (15/01/2020), 14 cidades da Bahia, Minas Gerais, Ceará, Espírito Santo e Piauí estão em alerta.

“[O governo vem] Reconhecer a situação de emergência na área descrita no Formulário de Informações do Desastre (FIDE)”, escreveu Karine da Silva Lopes, da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil

Nos próximos seis meses, as prefeituras podem pedir apoio ao governo federal para o reforço de ações emergenciais, como de abastecimento de água potável por caminhão-pipa, distribuição de comida e retirada de famílias de áreas de risco.

Por fim, Betânia do Piauí, município piauiense, também está em alerta para seca.

Últimas notícias