metropoles.com

SC: bolsonarista que ameaçou “pegar Xandão” foi condenada por tráfico

A bolsonarista, conhecida como “Fátima de Tubarão”, também responde por crimes de estelionato e falsificação de documento público

atualizado

Reprodução/Redes sociais
Foto colorida de mulher com bandeira do Brasil enrolada no corpo durante ato antidemocrático em Brasília - Metrópoles

A bolsonarista de Santa Catarina conhecida como “Fátima de Tubarão” já foi condenada por tráfico de drogas, em 2014. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (13/1) pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), onde o processo tramita sob sigilo.

Maria de Fátima Mendonça Jacinto Souza, 67 anos, ainda responde pelos crimes de estelionato e falsificação de documento público em outro processo, segundo o TJSC. No registro, a bolsonarista disse que: “Vamos para a guerra, é guerra agora. Vamos pegar o Xandão agora”, em referência ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

Ela não consta nas listas de presos que participaram dos ataques aos Três Poderes, divulgadas pela polícia do Distrito Federal,  mas aparece em vídeo gravado dentro do Palácio do Planalto na ocasião dos atos golpistas.

Leia a matéria completa no portal NSC Total, parceiro do Metrópoles.






Quais assuntos você deseja receber?