Mandetta recomenda turismo no Brasil para evitar coronavírus

Ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia dado a mesma orientação, mas por causa da alta do dólar, no caso das "domésticas na Disney"

atualizado 26/02/2020 18:28

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), recomendou nesta quarta-feira (26/02/2020) que brasileiros façam turismo pelo Brasil em vez de viagens internacionais para evitar contaminação pelo novo coronavírus (Covid-19). No último dia 12, o ministro da Economia, Paulo Guedes, deu a mesma orientação, mas, na ocasião, por causa da alta do dólar, e causou polêmica ao citar que “domésticas estavam indo para a Disney“.

Mandetta afirmou que é preciso “bom senso” e sugeriu evitar viagens a países com transmissão interna da doença, ainda que não seja uma recomendação oficial do governo. A fala foi feita em entrevista à imprensa em que confirmou o primeiro caso de novo coronavírus no Brasil.

“Se você não tem por que ir para a Lombardia (região da Itália em que houve casos confirmados), por que ir para a Lombardia? Vou lá para olhar? Vou passear? Aí prefiro passear no hemisfério sul”, disse o ministro.

Na entrevista, Mandetta ainda citou alguns dos destinos que haviam sido recomendados por Guedes em fala sobre a taxa de câmbio, como Foz do Iguaçu (PR) e Cachoeira do Itapemirim (ES), cidade natal do cantor Roberto Carlos. “Mais uma razão para fazer turismo interno no Brasil. Se for para negócios, faça o uso de toda a tecnologia”, disse o titular da Saúde.

1º caso
O Ministério da Saúde confirmou na manhã desta quarta o primeiro caso de coronavírus no Brasil, como havia sido antecipado nessa terça-feira (25/02/2020), mas informou que as medidas adotadas de vigilância e controle devem continuar as mesmas que já vinham sendo adotadas, uma vez que o país já havia decretado estado de emergência em saúde pública de interesse nacional.

Últimas notícias