*
 

Pelo menos 23 pessoas já morreram vítimas da febre amarela no Rio de Janeiro neste ano. Segundo o último boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (7/2) pela Secretaria Estadual de Saúde, já são 50 casos registrados em todo o estado

Os municípios mais afetados são Valença, com 16 casos e seis óbitos, Teresópolis, com sete ocorrências e quatro óbitos e Nova Friburgo, com seis casos e três mortes.

No total, já são 15 municípios com registro da doença. Outros cinco casos de febre amarela foram confirmados em macacos. Segundo a secretaria, todos os casos são de febre amarela silvestre (transmitida na mata pelos mosquitos Haemagogus e Sabethes) e não de febre amarela urbana (transmitida nas cidades pelo Aedes aegypti).

Desde 1942, o país não registra nenhum caso de transmissão urbana da doença. A letalidade da febre amarela é muito alta, variando de 30% a 50% dos casos.

 

 

COMENTE

Rio de Janeiromortesfebre amarelacasos
comunicar erro à redação

Leia mais: Saúde