“Até o final do ano vamos vacinar toda população”, diz Queiroga

O ministro da Saúde esteve em São Luís, no Maranhão, para distribuir 600 mil testes rápidos para a cidade

atualizado 23/05/2021 16:49

Marcelo Queiroga chega para depor na CPI da CovidHugo Barreto/Metrópoles

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou, neste domingo (23/5), que o governo irá vacinar toda a população brasileira acima dos 18 anos até o final deste ano. O pronunciamento foi feito em São Luís, no Maranhão, durante uma entrega de 600 mil testes rápidos para a cidade conter o avanço da variante indiana da Covid-19, B.1.617.

A nova cepa foi encontrada em seis amostras de testes realizados na tripulação que estava a bordo do navio MV Shandong Zhi, atracado no litoral do estado nordestino. O Ministério da Saúde deu início a uma testagem em massa da população para identificar se o vírus segue controlado ou se já se espalhou.

Na ocasião, Queiroga disse que “estar em São Luís hoje é prova de que a nossa prevenção de saúde funciona” e deu uma previsão otimista. “Nós já adquirimos mais de 500 milhões de doses. Isso é garantia”, afirmou.

Confira o pronunciamento completo

Briga nas rede sociais

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, travaram, nesse sábado (22), uma discussão pelo Twitter sobre a questão da nova cepa indiana do coronavírus. Na última quinta (20/5), o secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, confirmou os primeiros casos de Covid-19 provocados pela nova variante.

“Incrível essa entrevista coletiva do ministro da Saúde. Ele diz que debateu sobre o Maranhão com os secretários municipais de Saúde de São Paulo e do Rio. E com o prefeito de Guarulhos. Menos com o governo do Maranhão. É impossível até entender o que eles farão”, disse o governador.

Últimas notícias