São Paulo tem aumento de 8,4% nos homicídios dolosos em janeiro

Número de estupros no estado também subiu no período, passando de 1.066 casos para 1.095, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública

atualizado 26/02/2021 9:40

Divulgação / SSP

São Paulo – O número de homicídios dolosos no estado de São Paulo aumentou 8,4% no primeiro mês do ano. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP), foram registrados, em janeiro, 285 homicídios, ante 263 no mesmo mês do ano passado.

A quantidade de vítimas de homicídio subiu de 277 para 296, uma elevação de 6,9% na mesma comparação.

Com os resultados, as taxas dos últimos 12 meses (de fevereiro de 2020 a janeiro de 2021) ficaram em 6,49 casos e 6,81 vítimas de morte intencional para cada grupo de 100 mil habitantes.

O número de estupros também aumentou, de 1.066 casos para 1.095, uma alta de 2,7% entre janeiro de 2020 e o primeiro mês de 2021.

Já a quantidade de latrocínios (roubos seguidos de morte) passou de 18 para 16, no período de comparação – dois a menos. A quantidade de ocorrências é a segunda menor da série histórica. O número de vítimas, que caiu também de 18 para 16, é o menor já registrado, ao lado de 2008.

Nos roubos em geral, a redução foi de 19,8%, passando de 23.997, em janeiro de 2020, para 19.240, no primeiro mês de 2021. O indicador de extorsão mediante sequestro permaneceu estável, sem nenhum registro.

Últimas notícias