São Paulo registra primeiro caso positivo para a variante Delta

De acordo com a prefeitura da capital paulista, um homem de 45 anos testou positivo e está em monitoramento pela UBS

atualizado 05/07/2021 21:41

O coronavírusNIAID/Flickr

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), informou nesta segunda-feira (5/7) que foi identificado o primeiro caso da variante Delta no município.

Segundo a administração municipal, um homem de 45 anos testou positivo e está em monitoramento pela unidade básica de Saúde (UBS) da região em que mora.

A SMS monitora outras três pessoas da família (mulher, enteado e filho), que seguem acompanhadas pelas equipes de saúde da UBS local.

O monitoramento das variantes na capital é realizado por meio de cálculo amostral, por semana epidemiológica, com cerca de 250 amostras semanais que seguem para análise do laboratório do Instituto Butantan, onde é realizado o sequenciamento genético.

Desde o início da pandemia até 26 de junho, foram monitoradas 2.095.654 pessoas pela rede de atenção básica da capital.

Variante no Brasil

No Brasil, o Ministério da Saúde informou que, até o fim de junho, foram registrados 11 casos da variante Delta. Seis deles são de um navio que está na costa do Maranhão; há ainda mais uma ocorrência em Campos dos Goytacazes (RJ), uma em Juiz de Fora (MG), duas em Apucarana (PR) e uma em Goiânia.

A variante Delta, inicialmente identificada na Índia, pode se tornar a versão mais dominante do novo coronavírus em todo o mundo, segundo especialistas, e ameaça reverter o fim do isolamento.

Últimas notícias