São Paulo libera comércio até meia-noite a partir deste domingo (1º/8)

Os parques também voltam a funcionar em seus horários regulares, sem restrições; novas regras do Plano São Paulo valem até o dia 16/8

atualizado 01/08/2021 11:53

bares pandemia são pauloFábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – A partir deste domingo (1º/8) os comércios do estado de São Paulo estão liberados para abrir as portas com atendimento presencial até meia-noite, com lotação máxima de 80% da capacidade.

Até então, os serviços não-essenciais podiam funcionar até 22h, com 60% da capacidade de atendimento ao público.

Os parques também voltam aos seus horários regulares, sem restrições. As novas regras do Plano São Paulo de enfrentamento à Covid-19 valem até o dia 16, quando há previsão de uma nova ampliação.

A expectativa é a partir da segunda quinzena de agosto o estado inicie a fase de retomada, com ocupação de 100% nos estabelecimentos. No entanto, seguirão obrigatórios o uso de máscara e a orientação para evitar aglomerações.

Veja as regras:

0

O governo ressalta que continuam proibidos os eventos que geram aglomerações, como casas noturnas, shows, competições esportivas com público.

Ao anunciar a nova fase do Plano São Paulo na última quarta-feira (28/7), o governador João Doria afirmou que a flexibilização só é possível porque os indicadores da pandemia de Covid-19 apresentaram melhora.

“São Paulo teve uma queda substancial de casos, internações e, felizmente, de óbitos”, disse.

Desde o fim de junho, o estado vem observando uma queda constante nos níveis de ocupação das UTIs por casos de Covid. Na sexta-feira (30/7), a taxa de ocupação em UTIs pelo vírus é de 48,43% na rede pública, com um total de 5.561 pessoas internadas, menor índice desde o início do ano.

Mais lidas
Últimas notícias