Rolou na 4ª: Brasil confirma coronavírus; reações a ato de 15/03

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) lança a campanha da fraternidade de 2020: “Fraternidade e Vida: dom e compromisso"

atualizado 26/02/2020 20:33

Rolou nesta quarta-feira (26/02/2020): o Ministério da Saúde confirmou o primeiro caso de infecção por coronavírus (Covid-19) no Brasil. Trata-se de um homem de 61 anos que esteve recentemente em viagem à Itália, onde provavelmente se contaminou. O paciente está isolado em sua própria casa, numa espécie de quarentena monitorada pelas autoridades de saúde.

O ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) afirmou que fechar fronteiras é ineficaz na luta contra o Covid-19 e recomendou “turismo interno” aos brasileiros.

O coronavírus provocou forte impacto no mercado financeiro internacional. No Brasil, o dólar fechou em R$ 4,44 e a bolsa de valores despencou mais de 7%. Por ora, são 20 casos suspeitos no país e um confirmado.

Veja mais sobre coronavírus:

Também nesta quarta, foram muitas as reações ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido), por divulgar vídeo que chama os brasileiros a irem ao ato contra o Congresso e o Judiciário, marcado para o dia 15 de março.

O PSol e o ex-aliado do Planalto Alexandre Frota já anunciaram que pedirão o afastamento de Bolsonaro. Senadores, deputados e ministros do STF repudiaram a divulgação do vídeo. O presidente, por sua vez, disse que replicou as imagens como algo de “cunho pessoal”.

Mesmo assim, lideranças do Congresso não acreditam, por enquanto, no impeachment.

Leia mais:

Também foi notícia:

Últimas notícias