RJ tem queda nos indicadores de Covid mesmo com Delta em alta

A prefeitura do Rio desceu o nível de alerta em algumas Regiões Administrativas (RAs) que estavam com risco alto de Covid-19

atualizado 10/09/2021 12:30

Daniel Soranz, secretário municipal de Saúde do RioReprodução/Twitter da prefeitura do Rio

Rio de Janeiro – O Rio de Janeiro registrou queda nos indicadores da pandemia da Covid-19, mesmo com a variante Delta em crescente na cidade. Na manhã desta sexta-feira (10/9), a Secretaria municipal de Saúde (SMS) informou que a nova linhagem causou quadros mais leves do que as outras cepas, apesar de ser mais transmissível. Atualmente, a variante Delta corresponde a 95,8% dos casos de Covid-19 na capital fluminense.

Dessa forma, a prefeitura do Rio desceu o nível de alerta em algumas Regiões Administrativas (RAs) que estavam com risco alto. Agora, seis  regiões são classificadas com risco moderado. O anúncio foi feito nesta sexta-feira, na divulgação do 36° boletim epidemiológico da cidade.

0

As seis RAs são Zona Portuária, São Cristóvão, Penha, Ilha de Paquetá, Santa Teresa e Barra da Tijuca. Até a semana passada, todas as 33 RAs estavam com nível alto de risco de transmissão de contágio. As demais regiões continuam com risco alto.

Casos em alta

Apesar dessa mudança, os números de pessoas infectadas não diminuíram. Segundo os dados da SMS, foram registrados 17.736 casos de coronavírus entre quarta-feira (8/9) e quinta-feira (9/9). O número é o mais alto desde o início da pandemia, em março de 2020.

No entanto, a pasta informou ao G1 que os dados são relativos a casos represados em semanas anteriores, desde a segunda quinzena de março deste ano. Os casos não foram extraídos anteriormente devido a uma atualização no sistema E-sus do Ministério da Saúde (MS), em que todas as notificações de Covid-19 do país são registradas.

Mais lidas
Últimas notícias