Rio retoma dose de reforço da vacina contra Covid-19 nesta quinta

Seguindo o calendário da prefeitura, mulheres com mais de 67 anos ou homens com mais de 68 anos são os idosos aptos para receber a vacina

atualizado 21/10/2021 8:39

Aline Massuca/Metrópoles

Rio de Janeiro – A cidade do Rio de Janeiro retoma nesta quinta-feira (21/10) a aplicação da dose de reforço da vacina para idosos. A imunização estava suspensa há uma semana, desde que o estoque da vacina terminou. Pelo calendário divulgado pela Prefeitura do Rio, as  mulheres com mais de 67 anos ou homens com mais de 68 anos estão aptos para receber a vacina nesta quinta.

A secretaria municipal de Saúde também informou que é possível antecipar a segunda dose da Pfizer em até uma semana em relação à data agendada. A antecipação depende da disponibilidade de doses nos postos.

Além disso, até o final de outubro, todos os postos de vacinação estarão aplicando a primeira dose da vacina contra covid-19 em maiores de 12 anos que ainda não tenham se vacinado.

0
Rio tem 175 mil idosos sem dose de reforço

Desde que a campanha da terceira dose em idosos começou no país, a cidade do Rio já aplicou mais de 507 mil vacinas neste grupo. No entanto, 175 mil pessoas maiores de 70 anos que receberam as duas doses da vacina ainda não retornaram para receber a nova imunização.

Mas ainda há problemas com idosos que não retornaram para tomar a segunda dose. Conforme o painel de vacinação da prefeitura do Rio, 54 mil pessoas acima de 60 anos só tomaram uma dose e outros sete mil não receberam sequer uma vacina.

Atualmente, 99,4% da população da capital fluminense acima de 12 anos já se imunizou com ao menos uma dose contra a Covid-19. A cobertura vacinal de toda a população com duas doses chegou nesta quarta a 61,6%.

A expectativa da prefeitura é que, na próxima semana, 65% dos cariocas estejam com o ciclo vacinal completo. No dia 26, está previsto que o Rio deve flexibilizar o uso obrigatório de máscaras ao ar livre.

Mais lidas
Últimas notícias