metropoles.com

Revolta começou após PF prender indígena bolsonarista a mando de Moraes

A prisão do cacique Tserere Xavante teria sido a razão de manifestantes bolsonaristas terem tentado invadir a sede da PF

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução
José Acácio Serere Xavante
1 de 1 José Acácio Serere Xavante - Foto: Reprodução

A Polícia Federal (PF) prendeu o indígena bolsonarista José Acácio Serere Xavante, o Serere Xavante (foto em destaque), nesta segunda-feira (12/12), após decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou a prisão temporária, de 10 dias, por ameaça, perseguição e abolição violenta do Estado Democrático de Direito.

A prisão foi decretada a pedido da Procuradoria-Geral da República e é apontada como a razão de manifestantes antidemocráticos terem tentado invadir a sede da Polícia Federal em Brasília. Durante os atos de vandalismo, ninguém foi preso.

Serere Xavante é suspeito de ter incitado manifestações antidemocráticas em diversos locais da capital federal, como no Congresso Nacional, no Aeroporto de Brasília, no ParkShopping e em frente ao hotel onde estão hospedados o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o vice, Geraldo Alckmin (PSB).

Segundo a PGR, Serere tem utilizado sua posição de cacique para incentivar indígenas e não indígenas a cometer crimes contra o presidente eleito e os ministros do STF Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso.

“A manifestação, em tese, criminosa e antidemocrática, revestiu-se do claro intuito de instigar a população a tentar, com emprego de violência ou grave ameaça, abolir o Estado Democrático de Direito, impedindo a posse do presidente e do vice-presidente da República eleitos”, diz a PGR.

Invasão na PF

Após a prisão, apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) tentaram invadir, na noite desta segunda, a sede da Polícia Federal, na Asa Norte, em Brasília.

Composto por integrantes vestidos com a camisetas da Seleção Brasileira, o grupo danificou dezenas de carros que estavam estacionados nos arredores do prédio da corporação. Alguns, inclusive, chegaram a ser incendiados.

Veja imagens:

Diversos carros também foram incendiados e a W3 Norte foi fechada na altura do Brasília Shopping. Veja:

Alguns bolsonaristas justificaram o ato alegando que agentes da PF “prenderam injustamente um indígena”. O Metrópoles apurou que ele seria o cacique Tserere Xavante, um líder indígena apoiador do presidente Jair Bolsonaro. Bastante conhecido entre aqueles que estão há dias no QG do Exército pedindo intervenção militar, ele faz os discursos mais inflamados contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

12 imagens
Trabalhadores que estacionaram em frente à Polícia Federal tiveram os carros quebrados
Paus e pedras foram arremessados nos vidros
Veículo atingido na parte do vidro traseiro
Carro ficou com o vidro traseiro quebrado
Policial militar fala com manifestante
1 de 12

Diversos carros foram quebrados por manifestantes

Marcus Rodrigues/ Esp Metrópoles
2 de 12

Trabalhadores que estacionaram em frente à Polícia Federal tiveram os carros quebrados

Marcus Rodrigues/ Esp Metrópoles
3 de 12

Paus e pedras foram arremessados nos vidros

Marcus Rodrigues/ Esp Metrópoles
4 de 12

Veículo atingido na parte do vidro traseiro

Marcus Rodrigues/ Esp Metrópoles
5 de 12

Carro ficou com o vidro traseiro quebrado

Matheus Veloso/Metrópoles
6 de 12

Policial militar fala com manifestante

Matheus Veloso/Metrópoles
7 de 12

Manifestantes discutem com policiais militares em frente à sede da PF

Matheus Veloso/Metrópoles
8 de 12

Matheus Veloso/Metrópoles
9 de 12

Matheus Veloso/Metrópoles
10 de 12

Matheus Veloso/Metrópoles
11 de 12

Matheus Veloso/Metrópoles
12 de 12

Matheus Veloso/Metrópoles

Veja vídeos da confusão:

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?