“Nossa Senhora veio me visitar”, disse padre que morreu vítima da Covid-19

Internado há 55 dias, padre Marcos Vinício Miranda Vieira morreu nesse domingo (14/06) infectado pelo novo coronavírus

atualizado 15/06/2020 11:01

padre Marcos Vinício Miranda Vieira, de 52 anos, vítima da Covid-19divulgação/ Carlos Moloi

O padre Marcos Vinício Miranda Vieira, 54 anos, da Paróquia São João Batista, no Rio das Pedras, em Muzema (RJ), morreu nesse domingo (14/06) vítima da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Hospitalizado, o sacerdote da igreja Católica chegou a entrar em coma induzido e ser entubado. “No dia 31 de maio, acordou ao meio-dia, dizendo: ‘Nossa Senhora veio me visitar'”, diz um texto publicado pela Arquidiocese do Rio de Janeiro.

“No seu testemunho, através de uma gravação em vídeo, disse: ‘O que é a fé? Na prática, é um milagre. O impossível pode acontecer na vida, porque para Deus nada é impossível. Quando fui levado ao coma, eu entreguei a minha vida e meu serviço ao Senhor'”, completa.

Padre Marcos era também vigário adjunto para a Caridade Social, vigário forâneo da 2ª Forania do Vicariato Jacarepaguá, conselheiro da Comissão de Recuperação de Patrimônios e coordenador da Cultura Religiosa da PUC-Rio.

Ele morreu após 55 dias internado e será sepultado em Juiz de Fora (MG), cidade onde nasceu. A mensagem foi publicada no perfil oficial do cardeal Orani João Tempesta, arcebispo do Rio de Janeiro. Confira, a seguir, a íntegra do depoimento:

'Foi um bravo guerreiro, um homem de Deus, que muito fez pela Igreja' “Quando éramos…

Posted by Cardeal Orani João Tempesta on Sunday, June 14, 2020

Últimas notícias