Prevent Senior confirma a beneficiários ineficácia do kit Covid-19

Operadora cumpriu acordo com o MP e comunicou aos beneficiários que inexiste pesquisa que ateste eficácia de tratamento precoce contra Covid

atualizado 30/11/2021 15:51

Fábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – A Prevent Senior cumpriu um dos termos do acordo firmado com o Ministério Público de São Paulo e informou aos seus beneficiários sobre a ineficácia do kit Covid-19. A operadora de saúde fez a comunicação a seus clientes sobre na última segunda-feira (29/11) e falou sobre o “tratamento precoce” com o medicamento.

No mesmo informativo entregue aos beneficiários, a Prevent Senior afirmou que os resultados divulgados pela empresa sobre a eficácia da cloroquina e hidroxicloroquina “não correspondiam efetivamente a uma pesquisa científica, limitando-se a dados obtidos internamente para fins estatísticos”.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

A empresa explica ainda que “inexiste qualquer pesquisa científica realizada pela Prevent Senior que ateste a eficácia de algum tipo de tratamento precoce ou preventivo para pacientes suspeitos, confirmados ou mesmo sem Covid-19”.

A nota informa que a operadora de saúde “não obteve autorização do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) para a realização de estudos científicos envolvendo a cloroquina e a hidroxicloroquina”.

Além disso, esclarece que “inexiste a conclusão de qualquer pesquisa científica realizada pela Prevent Senior que conclua pela eficácia da cloroquina e da hidroxicloroquina ou de demais medicamentos do denominado ‘kit Covid'” para tratamento da doença.

Informações no TAC

As informações prestadas pela Prevent Senior estavam previstas no Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o MPSP em 22 de outubro. Pelo acordo, a empresa deveria reconhecer a ineficácia dos medicamento.

Além disso, a operadora de saúde se comprometeu a não mais prescrever esses remédios a pacientes com Covid-19, assim como prometeu não adulterar mais atestados de óbito.

A Prevent Senior é investigada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Câmara Municipal de São Paulo. A comissão já ouviu pacientes de vítimas da Covid que foram internadas nos hospitais da rede e médicos que atuam e atuavam na empresa.

Veja a íntegra do comunicado aos beneficiários abaixo:

“Prezados beneficiários,

A Prevent Senior continua e continuará prestando a assistência necessária aos beneficiários, visando sempre a segurança e qualidade dos atendimentos. Ao longo desta pandemia, foram investidos R$ 350 milhões em novas unidades e equipamentos.

Os planos de investimento e aprimoramento da qualidade continuam. Vamos inaugurar cinco novas unidades hospitalares em São Paulo, para melhor atender nossos clientes até o final de 2022.

Seguindo o compromisso com a ética e transparência que sempre norteou a nossa atuação, a Prevent Senior vem a público esclarecer que foi firmado com o Ministério Público do Estado de São Paulo um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no dia 22 de outubro de 2021.

O TAC consiste em um instrumento jurídico por meio do qual a empresa se compromete a rever e eventualmente ajustar determinadas ações. O referido instrumento, ao mesmo tempo, reforça a boa-fé e a constante busca pelo aprimoramento dos procedimentos internos por parte da empresa.

Como pactuado, a Prevent Senior se compromete a divulgar, neste comunicado, o que segue:

Os resultados divulgados pela empresa ou por terceiros acerca da eficácia da cloroquina e hidroxicloroquina não correspondiam efetivamente a uma pesquisa científica, limitando-se a dados obtidos internamente para fins estatísticos, sem qualquer tipo de viés científico;

A Prevent Senior não obteve autorização do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP) para a realização de estudos científicos envolvendo a cloroquina e a hidroxicloroquina;

Inexiste a conclusão de qualquer pesquisa científica realizada pela Prevent Senior que conclua pela eficácia da cloroquina e da hidroxicloroquina ou de demais medicamentos do denominado “kit Covid”, para tratamento da COVID-19;

Inexiste qualquer pesquisa científica realizada pela Prevent Senior que ateste a eficácia de algum tipo de tratamento precoce ou preventivo para pacientes suspeitos, confirmados ou mesmo sem COVID-19.

Vale mencionar que a Prevent Senior segue colaborando com as investigações conduzidas pelas autoridades competentes no contexto de sua atuação frente à pandemia da Covid-19″.

Mais lidas
Últimas notícias