Presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas morre de Covid-19

Rosemary Costa Pinto morreu na tarde desta sexta-feira (22/1). Informação foi confirmada pelo governo do estado

atualizado 22/01/2021 19:40

Divulgação

A diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Rosemary Costa Pinto, morreu na tarde desta sexta-feira (22/1) vítima da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Rose testou positivo para o novo coronavírus no início deste ano. Ela era epidemiologista de carreira da FVS e atuava há 25 anos na área. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Amazonas (Sesam).

“Durante toda a pandemia da Covid-19 foi uma das bússolas do Amazonas na interpretação dos dados da pandemia no estado”, informou o governo estadual, em comunicado divulgado nesta noite.

No último dia 8 de janeiro, a Fundação de Vigilância em Saúde informou que o estado de saúde da diretora-presidente era estável. Na ocasião, Rosemary fazia isolamento e estava internada em casa.

0

A farmacêutica bioquímica faleceu internada em um hospital, segundo apurado pelo Metrópoles. A assessoria de imprensa não informou, conduto, onde a diretora-presidente estava hospitalizada.

No Amazonas, 241.182 casos do novo coronavírus foram diagnosticados até essa quinta-feira (21/1). Além disso, 6.757 mortes foram causadas em decorrência da doença, a Covid-19.

Últimas notícias