Prejudicados por incidentes logísticos no Enem podem solicitar reaplicação

O pedido deverá ser feito entre os dias 25 e 29 de janeiro, pela Página do Participante. As provas ocorrerão em 23 e 24 de fevereiro

atualizado 20/01/2021 21:10

GDF oferece 3 mil vagas em curso preparatório para o Enem 2020Reprodução

Após uma grande polêmica para saber se o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) seria realizado em meio à pandemia do coronavírus. Agora os participantes que se sentirem prejudicados por incidentes logísticos durante a aplicação do exame poderão solicitar a reaplicação.

De acordo com o governo federal, o pedido deverá ser feito entre os dias 25 e 29 de janeiro, pela Página do Participante, na qual o inscrito também deverá consultar o resultado da solicitação.

A partir da solicitação, os casos serão julgados, individualmente, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Quem for selecionado para a reaplicação poderá fazer as provas em 23 e 24 de fevereiro, mesma data em que se dará a aplicação para pessoas privadas de liberdade, o Enem PPL.

O edital do Enem 2020 esclarece que são considerados problemas logísticos para fins de reaplicação fatores supervenientes, peculiares, eventuais ou de força maior. Entre as situações previstas estão: desastres naturais (que prejudiquem a aplicação devido ao comprometimento da infraestrutura do local); falta de energia elétrica (que comprometa a visibilidade da prova pela ausência de luz natural); falha no dispositivo eletrônico fornecido ao inscrito que solicitou uso de leitor de tela; erro de execução de procedimento de aplicação pelo aplicador, que tenha, comprovadamente, causado prejuízo ao participante; entre outros casos.

0

Últimas notícias