Prefeitura de SP lança radar de fila para vacina para evitar aglomerações

Secretaria Municipal de Saúde também anunciou escala de vacinação para pessoas entre 50 e 57 anos

atualizado 15/06/2021 19:18

Merendeira Silmara Moraes com cartão de vacina após receber primeira dose de vacina contra a Covid-19Foto: Reprodução/Instagram

São Paulo – A Prefeitura de São Paulo lançou nesta terça-feira (15/6) a plataforma De Olho na Fila, que indica o tamanho da fila em todos os centros de vacinação da capital paulista. Nesta tarde, a maioria dos postos de vacinação estava com a faixa verde, isto é, sem fila.

“É um serviço muito importante nesse momento onde a quantidade de pessoas a serem vacinas é muito grande. O cidadão ter acesso a uma informação que facilite o processo da vacinação, tanto pra ele como para os nossos profissionais, é muito importante”, afirmou o secretário de Saúde do município, Edson Aparecido.

Porém, alguns postos não apresentavam ainformação, caso do drive-thru do Ibirapuera. A reportagem do Metrópoles detectou apenas um posto de vacinação com fila moderada, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Dona Mariquinha Sciascia, no bairro de Tremembé, na zona norte da cidade.

Escala de vacinação

A prefeitura também informou que fará uma escala de vacinação para as pessoas com idades entre 50 e 57 anos.

O secretário Edson Aparecido explicou que o escalonamento é importante, pois as vacinas também chegarão de forma fracionada.

“Fizemos essa divisão e vamos fazer ao longo de todo o processo de vacinação anunciado pelo governo do estado até o dia 15 de setembro, quando a gente completa a vacinação das pessoas acima dos 18 anos”, disse.

Veja as datas:

  • Quarta-feira (16/6) – vacinação de pessoas com 56 e 57 anos
  • Quinta-feira (17/6) – 54 e 55 anos
  • Sexta-feira (18/6) – 52 e 53 anos
  • Sábado (19/6) – 50 e 51 anos

Na segunda e na terça-feira (21 e 22 de junho), será feita a repescagem de todo o grupo entre 50 e 59 anos.

“Pensando nisso e atendendo ao cronograma que o governo do estado colocou, a gente está escalonando para dar tranquilidade para as pessoas que vão se vacinar a também para que a nossa equipe da Secretaria da Saúde possa desenvolver o seu trabalho de uma forma coerente e que atenda a necessidade da população que vai se vacinar”, disse o prefeito Ricardo Nunes (MDB).

Até a última segunda-feira (14/6), já haviam sido aplicadas 5.648.085 doses de imunizante contra o coronavírus na capital. Desse total, 3.974.27 foram de primeira dose e 1.673.812, de segunda.

Últimas notícias