Prefeitura de Guarujá cobra R$ 2 mi de IPTU atrasado de Silvio Santos

Processo de execução fiscal que corre no Foro de Guarujá indica dívida de mais de R$ 2 milhões que estaria relacionada a hotel de luxo

atualizado 17/06/2021 17:43

Hotel Jequitimar, de Silvio Santos, que fica no Guarujá (SP)Divulgação

São Paulo – A Prefeitura Municipal de Guarujá, no litoral de São Paulo, está cobrando uma dívida de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) do apresentador e dono do SBT Silvio Santos, na Justiça.

Segundo processo de execução fiscal que corre na Vara de Fazenda Pública no Foro de Guarujá, Silvio está devendo R$ 2.015.887,34 ao município.

A dívida seria referente a um imóvel à beira mar, na Praia Pernambuco, onde fica o hotel de luxo Sofitel Guarujá Jequitimar, administrado pela empresa Accor, informa coluna de Ancelmo Gois.

O jornalista também diz que a dívida é do período de abril a dezembro de 2020.

0

Procurada pelo Metrópoles, a assessoria do Grupo Silvio Santos não retornou o contato da reportagem. Segundo o processo no Tribunal de Justiça do estado de São Paulo, o apresentador ainda não foi notificado do processo.

Últimas notícias