Prefeito de Niterói vai processar Daniel Silveira por ameaça

A medida contra o deputado bolsonarista foi anunciada em uma rede social por Axel Grael. Parlamentar está preso em unidade prisional da PM

atualizado 18/02/2021 21:08

Axel Grael, prefeito de NiteróiReprodução

Rio de Janeiro – O prefeito de Niterói, Axel Grael (PDT-RJ), afirmou em uma rede social que vai processar por ameaça o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ), preso na noite de terça-feira (15/2) por ataques a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

“Há três dias recebi ameaça desse deputado federal. Nesta terça-feira, ele foi preso por ameaça contra ministros do Supremo, com conteúdo quase igual ao que escreveu para mim. Esse tipo de comportamento é inadmissível”, escreveu Grael.

No dia 13 de fevereiro, Silveira afirmou que o prefeito deveria tomar vergonha na cara e “levar uma surra de gato morto até ele miar, de preferência após cada refeição”.

O ataque seria porque Grael teria dissolvido a Secretaria de Políticas de Drogas do município para reutilizar a estrutura na criação da Secretaria de Clima.

Silveira foi transferido da superintendência da Polícia Federal, onde foram encontrados dois celulares, para a Unidade Prisional da Polícia Militar, em Niterói, na noite desta quinta-feira. A polícia abriu inquérito para apurar de que forma os aparelhos foram parar na cela do parlamentar.

Últimas notícias