Prefeito anuncia obrigatoriedade do uso de máscaras em BH

Em coletiva, , Alexandre Kalil (PSD) reforçou que não pretende reabrir o comércio: "Eu prefiro 10 mil desempregados do que 50 mil mortos".

atualizado 14/04/2020 15:32

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), anunciou que o uso de máscaras vai ser obrigatório para quem circular na cidade a partir da sexta-feira (17/04). Ele informou a decisão durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (14/04).

Quem desobedecer o decreto será proibido de circular em espaços públicos. “Nós precisamos da população, não estamos enfrentando. Precisamos de todos juntos contra o coronavírus”, disse.

Na coletiva, ele reforçou que não pretende reabrir o comércio tão cedo. “Eu prefiro 10 mil desempregados do que 50 mil mortos”, declarou. Apenas as atividades consideradas “essenciais” pelo governo federal estão funcionando na cidade.

Kalil informou que a decisão foi inspirada em outras cidades que fizeram da máscara um objeto obrigatório. Belo Horizonte é a terceira capital a obrigar o uso do instrumento. Em Florianópolis, o mesmo decreto passou a valer na quarta-feira (8). Em Mato Grosso, a medida foi aplicada em todas as cidades.

 

Mais lidas
Últimas notícias