Porteiro é roubado e morto a tiros enquanto ia para trabalho em Goiânia

Imagens de câmera de segurança mostram momento em que vítima é atingida algumas vezes por disparos efetuados por ciclista

atualizado 09/08/2021 13:56

Latrocínio em posto de combustível de GoiâniaReprodução

Um porteiro de 56 anos foi morto a tiros e teve a mochila roubada em um posto de combustíveis, enquanto seguia a a pé para o trabalho, em Goiânia. Câmeras de monitoramento registraram o crime de latrocínio, praticado na manhã de domingo (8/8). O caso é investigado pela Polícia Civil.

 

De acordo com a Polícia Militar, Eurípedes Pontes estava no posto no Condomínio das Esmeraldas no momento em que é abordado. Pelas imagens de câmeras de segurança, é possível ver o porteiro parado na esquina do estabelecimento.

Em seguida, de acordo com as imagens, o primeiro ciclista passa, e Eurípedes corre dele. No caminho, a vítima se depara com o segundo ciclista, com quem tromba, mas sai correndo também.

Depois, o segundo ciclista atira algumas vezes e o porteiro cai no chão alguns metros adiante. Este segundo ciclista pedala até Eurípedes, pega a mochila dele e foge.

O caso está sendo apurado por equipes da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic). O Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia informou que o corpo da vítima foi periciado e retirado pela família ainda no domingo.

Mais lidas
Últimas notícias