Wesley Batista deixa restaurante aos gritos de “fora, ladrão”

O empresário foi solto em 20 de fevereiro, após decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ)

atualizado 12/03/2018 6:50

Michael Melo/Metrópoles

O empresário Wesley Batista foi expulso por frequentadores do restaurante Barbacoa, localizado no Itaim Bibi, em São Paulo. O incidente ocorreu durante o horário de almoço nesse domingo (11/3).

Confundido com o irmão, Joesley Batista, que foi solto na sexta-feira (9), Wesley foi chamado de “ladrão” e ouviu gritos de “fora, Joesley”, conforme mostram vídeos gravados por clientes do restaurante.

À reportagem do Metrópoles, funcionários da casa de carnes confirmaram o ocorrido. Nas imagens, é possível ouvir as pessoas gritarem “fora, ladrão” e “volta para cadeia”.

 

Soltura
A 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu na terça-feira (20/2), por três votos a dois, pela soltura de Wesley Batista, sócio da JBS.

Ele e o irmão, Joesley Batista, são acusados de usar, de modo indevido, informações privilegiadas para lucrar no mercado.

Mais lidas
Últimas notícias