União Brasil apresenta pedido de registro ao TSE: Fachin é o relator

Sigla nasce da fusão entre o Partido Social Liberal (PSL) e o Democratas (DEM). Se registrado, partido terá a maior bancada da Câmara

atualizado 16/11/2021 20:26

União Brasil - novo partidoManoela Alcântara/Metrópoles

O União Brasil, sigla oriunda da fusão entre o Partido Social Liberal (PSL) e o Democratas (DEM), deu entrada no pedido de registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A formalização é vital para que a nova agremiação possa funcionar nas eleições de 2022. O relator do pedido no TSE será o ministro Edson Fachin.

O processo foi apresentado nesta terça-feira (16/11), segundo registro do TSE, dois meses após a convenção nacional dos partidos que selou a junção, em 6 de outubro.

Veja:

A expectativa é de que a sigla, segundo o presidente da agremiação, deputado federal Luciano Bivar (PE), esteja legalmente formada até fevereiro de 2022.

O registro é essencial para o União organizar a composição dos estados. Até o TSE autorizar o funcionamento do União, o partido vai continuar existindo como PSL e DEM nos estados.

Maior bancada

O União Brasil nasce com a maior bancada da Câmara dos Deputados – 82 parlamentares – e com a expectativa de ser um dos partidos mais expressivos da eleição.

Nas urnas, o grupo usará o número 44. O partido abocanhará R$ 160 milhões de Fundo Partidário.

Na convenção nacional, realizada no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília, o União, como quer ser conhecido popularmente, se posicionou como “social liberalista”.

O partido afirma que vai preservar a soberania nacional, o regime democrático, o pluripartidarismo e os direitos fundamentais da pessoa humana, observando as normas constitucionais e legais.

Mais lidas
Últimas notícias