Em 24 horas, perfil do União Brasil no Twitter ganha só 675 seguidores

Sigla, oriunda da fusão entre o Partido Social Liberal (PSL) e o Democratas (DEM), nasce com a maior bancada da Câmara

atualizado 07/10/2021 11:26

União Brasil - novo partidoManoela Alcântara/Metrópoles

Vinte e quatro horas após o lançamento do União Brasil, partido oriundo da fusão entre o Partido Social Liberal (PSL) e o Democratas (DEM), um dos principais canais de divulgação da nova sigla ainda não emplacou.

O perfil oficial do partido no Twitter contava com 675 seguidores até às 11h desta quinta-feira (7/10). A marca está bem longe dos 158,8 mil seguidores do DEM e dos 151,2 mil seguidores do PSL. O registro da conta foi feito em setembro passado.

Se o engajamento ainda não veio, um dos pilares do discurso do lançamento da agremiação também não alcançou a rede social. Por lá, o União só segue os perfis de seus precursores DEM e PSL.

Twitter do União Brasil
Twitter do União Brasil ganha 675 seguidores

Até o fechamento desta reportagem, o perfil havia publicado o estatuto do partido e repercutido as falas dos caciques Luciano Bivar, presidente da sigla, e ACM Neto, secretário-geral.

O União Brasil nasce com a maior bancada da Câmara dos Deputados — 82 parlamentares — e com a expectativa de ser um dos partidos mais expressivos da eleição. Nas urnas, o grupo usará o número 44. O partido abocanhará R$ 160 milhões de Fundo Partidário.

Na convenção nacional, realizada na quarta-feira (6/10), no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília, o União, como quer ser conhecido popularmente, se posicionou como “social liberalista”.

O União afirma que vai preservar a soberania nacional, o regime democrático, o pluripartidarismo e os direitos fundamentais da pessoa humana, observando as normas constitucionais e legais.

Últimas notícias