Polícia Legislativa ouve depoimentos sobre supostas agressões a Joice

Além disso, imagens do circuito fechado de TV do prédio em que a deputada mora são analisadas para apurar o caso

atualizado 23/07/2021 14:00

Reprodução/ SBT

O Departamento de Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados informou, em nota enviada no início da tarde desta sexta-feira (23/7), estar ouvindo pessoas e analisando imagens para apurar supostas agressões sofridas pela deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP).

A parlamentar se recupera de cinco fraturas no rosto e uma na costela, além de alguns cortes pelo corpo, depois de ter dito que sofreu um suposto ataque em casa, no fim de semana.

Em entrevista à colunista Bela Megale, do jornal O Globo, a deputada federal contou que estava assistindo a uma série em sua cama, no apartamento funcional que usa em Brasília, na noite do último sábado (17/7), quando “apagou” e só acordou 7 horas depois, sem se lembrar do que tinha acontecido.

“Acordei em uma poça de sangue sem saber quanto tempo fiquei desacordada. A hipótese que eu mais acredito é que sofri um atentado”, disse Joice.

Em nota, a Polícia Legislativa informou que as investigações já estão em andamento e têm caráter sigiloso.

“O Departamento de Polícia Legislativa (Depol) iniciou as investigações imediatamente após ter sido comunicado do fato. O Depol está ouvindo pessoas e analisando imagens do circuito fechado de TV do prédio em que a deputada reside”, prosseguiu.

0

Últimas notícias