Pfizer e Janssen: Saúde formaliza compra de 138 mi de doses de vacinas

Ministério da Saúde publicou, em edição extra do DOU, avisos de dispensa de licitação para aquisição de imunizantes das duas fabricantes

atualizado 03/03/2021 22:30

vacina covid-19Aaron Chown - WPA Pool/Getty Images

O governo federal quer adquirir 100 milhões de doses da vacina do laboratório Pfizer e outras 38 milhões de doses da vacina da Janssen contra a Covid-19. Os imunizantes devem ser entregues até dezembro de 2021. A intenção de compra foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), nesta quarta-feira (3/3).

O Departamento de Logística em Saúde do Ministério da Saúde publicou, no DOU, os avisos de dispensa de licitação para as compras.

Mais cedo, a pasta já tinha informado que iria comprar as vacinas da Pfizer e da Janssen, após meses rejeitando propostas das duas empresas.

O governo tem sido pressionado para ampliar a oferta de imunizantes, após a explosão de novos casos de Covid-19 com internações e colapso de sistemas de saúde em todo o país.

A aprovação do projeto de lei nº 534, de 2021, na noite dessa terça-feira (2/3), pela Câmara dos Deputados, retirou os entraves jurídicos que haviam para a aquisição dessas vacinas.

O projeto autoriza a União a assumir, em contratos com fabricantes de imunizantes contra o vírus, a responsabilidade civil por possíveis eventos adversos pós-vacinação. Essa é uma exigência da Pfizer e da Janssen, que o governo vinha apontando como abusiva.

Em vídeo, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou o acordo com os laboratórios:

Últimas notícias