Pacheco sobre auxílio emergencial: “Precisamos aprovar imediatamente”

Ao programa Roda Viva, o presidente do Senado disse que o benefício deve ser retomado nos meses de março, abril, maio e junho

atualizado 02/03/2021 0:12

Pacheco no Roda VivaReprodução

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), falou durante entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira (1º/3), sobre o auxílio emergencial. O parlamentar ressaltou que o benefício precisa ser aprovado imediatamente.

“O auxilio emergencial é o nosso principal objetivo nesse momento, além da vacina”, disse Pacheco, que, em seguida, completou: “Precisamos aprovar imediatamente. Precisamos estabelecer um protocolo fiscal dentro de limites e de responsabilidade”.

Pacheco adiantou ainda que a expectativa é que o auxílio emergencial seja retomado nos meses de março, abril, maio e junho: “É uma reinvindicação nossa que permanecesse por quatro meses. O valor ainda será definido pelo governo federal. Há uma expectativa, por parte do governo, no valor de R$ 250 e evidentemente vamos avaliar. É um programa absolutamente necessário”.

Ele ainda adiantou que durante esta semana o Senado vai se dedicar inteiramente ao auxílio emergencial e às questões da vacinação.

Sobre o andamento da PEC Emergencial, o presidente do Senado ressaltou: “Chegamos à conclusão que era necessário um protocolo fiscal necessário para viabilizar o auxilio emergencial e a consciência por parte dos senadores e das senadoras”.

“É preciso ter aprovação da PEC Emergencial para ter a aprovação do auxílio emergencial e é o que estamos trabalhando da maneira prioritária”, completou Pacheco.

0

 

Últimas notícias