Onyx diz que “ninguém falou” de sua saída da Casa Civil

Segundo jornais, ministro seria deslocado para o Ministério da Cidadania. Questionado, democrata negou

mike sena/ metrópoles

atualizado 12/02/2020 17:10

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), negou nesta quarta-feira (12/02/2020) que esteja de saída da pasta para assumir o Ministério da Cidadania. Segundo o democrata, “ninguém falou” sobre essa possibilidade.

Onyx participou nesta quarta do Seminário de Abertura do Ano Legislativo, em Brasília (DF) e conversou com jornalistas. A informação da suposta troca de ministérios foi dada pelos jornais Folha de S.Paulo e Estadão.

Segundo as publicações, o mandatário do país, Jair Bolsonaro (sem partido), teria convidado o general Walter Souza Braga Netto para substituir o democrata na pasta. Braga Netto ficou famoso depois de ser indicado pelo ex-presidente Michel Temer (MDB) para comandar a intervenção federal no Rio de Janeiro.

Onyx vem sofrendo uma série de reveses no governo federal. Em junho do ano passado, perdeu a função de articulador de Bolsonaro no Congresso Nacional e, desde o início de 2020, acumula novas derrotas.

O titular do Planalto tirou do comando de Onyx o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) e demitiu o então secretário-executivo da pasta, José Vicente Santini, após viagem do número dois da Casa Civil em avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

Últimas notícias