Quem é Walter Braga Netto, o general indicado para Casa Civil?

Ele foi convidado por Bolsonaro para ocupar a chefia da Casa Civil, no lugar de Onyx Lorenzoni. Antes, comandou a intervenção no Rio

ANDRÉ DUSEK/ESTADÃO CONTEÚDO

atualizado 12/02/2020 14:37

Nome lançado aos holofotes ao ser indicado para comandar a intervenção federal no Rio de Janeiro, pelas mãos do ex-presidente Michel Temer  (MDB), o general Walter Souza Braga Netto volta a chamar atenção no mundo político.

Nesta quarta-feira (12/02/2020), ele foi indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para ocupar a chefia da Casa Civil, no lugar de Onyx Lorenzoni.

General do Exército, Braga Netto é natural de Belo Horizonte (MG). Antes da intervenção, ele foi um dos responsáveis pelo esquema de segurança nas Olimpíadas, no cargo de coordenador-geral da Assessoria Especial para os Jogos do Comando Militar Leste (CML).

Braga Netto teve passagens ainda pelo comando da 1ª Região Militar (Região Marechal Hermes da Fonseca) e pelo Comando Militar do Leste, ambos no Rio de Janeiro.

O general tem o perfil de combate e é conhecido pelos trabalhos na área de “inteligência da segurança“.

Além da atuação no Rio, Braga Netto integrou a ação das Forças Armadas na crise da segurança no Espírito Santo, em fevereiro de 2017. À época, foi realizado um reforço em municípios do estado devido ao aumento da violência.

Braga Netto, segundo informações publicadas no Portal do Ministério da Defesa, tem mais de 20 condecorações nacionais e estrangeiras.

O general entrou no Exército em 1974. Em 1994, ainda como major de Cavalaria, apresentou na Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (Eceme) uma monografia com propostas sobre como aproveitar melhor o pessoal na carreira militar, com foco nos oficiais.

Últimas notícias