“Ninguém vai querer dar um golpe em mim”, diz Bolsonaro a apoiadores

Presidente deixou o Palácio da Alvorada na manhã deste sábado (02/05) e conversou com apoiadores que o aguardavam do lado de fora

atualizado 02/05/2020 12:21

presidente Jair BolsonaroHugo Barreto/Metrópoles

Ao deixar o Palácio da Alvorada na manhã deste sábado (02/05), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a apoiadores que “ninguém vai querer dar um golpe” em cima dele.

Apoiadores demonstraram apoio e preocupação com o presidente e agradeceram Bolsonaro pelo trabalho que tem feito no Palácio do Planalto. O Supremo Tribunal Federal (STF) investiga uma possível interferência do chefe do Executivo na Polícia Federal.

“Fiquem tranquilos, ninguém vai fazer nada ao arrepio da Constituição. Ninguém vai querer dar um golpe em cima de mim não, podem ficar tranquilos”, disse.

O presidente deixou a residência oficial sem dar entrevista à imprensa e seguiu para a 3ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro em Cristalina (GO). Bolsonaro não tem compromisso oficial na agenda, neste sábado.

0

Neste sábado, o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro presta depoimento no inquérito do STF que investiga uma suposta interferência de Bolsonaro na Polícia Federal.

Moro deixou o governo e acusou o presidente de querer ter acesso a documentos da PF.

Com isso, apoiadores do presidente começaram a divulgar a hashtag #GolpeDeEstado, que está entre as mais comentadas do Twitter Brasil no momento, com mais de 416 mil compartilhamentos.

 

Últimas notícias