Mourão sobre mudança na divulgação de dados da Covid-19: “Questão de somar”

Ministério da Saúde alterou a forma de comunicar balanço de casos e deixou de repassar detalhes sobre o cenário da pandemia no país

atualizado 08/06/2020 12:08

reprodução/TV Globo

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, minimizou as críticas provocadas pela mudança na forma de o governo federal divulgar os dados da Covid-19 no Brasil. Para ele, “é uma questão de somar”.

“Os dados estão sendo transmitidos mais para tarde, dentro de uma questão de buscar os mais corretos e não está havendo somatória. Eles estão divulgando o número de casos confirmados e aquele dado que nenhum de nós gosta, que é de óbitos. É uma questão de somar”, disse em entrevista nesse domingo (07/06), em Porto Velho.

Segundo Mourão, há órgãos de controle que poderão apontar irregularidades na divulgação dos boletins do novo coronavírus.

“Eu não tenho preocupação com isso porque os organismos de controle, nós temos o Tribunal de Contas, a Controladoria-Geral da União, o Ministério Público, e se houver alguma irregularidade no governo aí ela será apontada”, disse.

0

Nos últimos dias, o Ministério da Saúde alterou a forma de divulgar o balanço de casos do novo coronavírus e deixou de repassar dados detalhados sobre o cenário da pandemia no país. Apenas o número de óbitos e registros nas últimas 24 horas eram informados.

No entanto, nesse domingo, a pasta recuou na decisão. Mas uma confusão com os dados divulgados apontou para dois números diferentes de mortes nas últimas 24 horas. A pasta não soube explicar a diferença de informações.

Últimas notícias