Mourão sobre evento eleitoral de Bolsonaro: “Se for convidado, vou”

Vice-presidente disse que ainda não foi convidado para o lançamento da pré-candidatura do chefe, que vai ocorrer no domingo (27/3)

atualizado 23/03/2022 10:18

Na imagem colorida, dois homens estão posicionados no centro. Eles usam terno e gravata na cor preta e camiseta branca. Eles tem cabelos curtos e escurosHugo Barreto/Metrópoles

Afastado há meses do presidente Jair Bolsonaro (PL), o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (Republicanos), disse que ainda não foi convidado para o lançamento da pré-candidatura à reeleição do chefe, que vai ocorrer no próximo domingo (27/3).

“Se for convidado, vou”, afirmou o vice-presidente ao ser questionado nesta quarta-feira (23/3) sobre possível comparecimento ao evento.

0

Mourão disse ao colunista do Metrópoles Igor Gadelha estar “mais que claro” que o ministro da Defesa, general Braga Netto, será o candidato a vice do presidente Bolsonaro nas eleições de 2022.

Para Mourão, “não será necessário” nem Bolsonaro ou Braga Netto o procurarem para comunicar que formarão a chapa juntos. “Está mais que claro (que o ministro da Defesa será o vice)”, afirmou.

Na última segunda-feira (21/3), Bolsonaro deu uma sinalização nítida de que Braga Netto deve ser seu companheiro de chapa, ao afirmar que seu vice será de Minas Gerais e estudou em escola militar. O general nasceu em Belo Horizonte, em 1957.

Recém filiado ao Republicanos, Mourão deixou o PRTB em busca de uma estrutura partidária mais robusta para abrigar sua candidatura ao Senado. A disputa pela vaga de senador, pelo Rio Grande do Sul, deve contar com o apoio de Bolsonaro.

A legenda, contudo, está cada vez mais distante do presidente. Nesse cenário, líderes do Republicamos admitem que o partido caminha para não apoiar formalmente a reeleição de Bolsonaro e liberar seus filiados a apoiarem outros candidatos ao Palácio do Planalto.

A insatisfação do Republicanos com Bolsonaro é pública. O próprio presidente nacional da sigla, Marcos Pereira (SP), já disse em entrevistas que o presidente da República “atrapalhou” a filiação de parlamentares ao partido.

Lançamento da pré-candidatura

O lançamento da pré-candidatura de Bolsonaro ocorrerá no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em área nobre de Brasília, entre 10h e 16h.

Nas últimas semanas, a sigla que abriga o mandatário realizou “mutirões” para filiar aliados em todos os estados. Bolsonaro, que ficou dois anos sem partido após deixar o PSL, se filiou ao partido de Valdemar Costa Neto em novembro de 2021.

Mais lidas
Últimas notícias