Mourão admite possibilidade “bem grande” de Bolsonaro ir para o PRTB

Presidente da República disse nesta semana que está entre na reta final da escolha da próxima filiação e que avalia dois partidos

atualizado 07/05/2021 18:31

Mourão e BolsonaroRafaela Felicciano/Metrópoles

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), admitiu nesta sexta-feira (7/5) haver uma possibilidade “bem grande” de que o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), se filie à sua legenda.

Em entrevista à CBN Fortaleza, Mourão disse: “A Executiva nacional [do PRTB] está debatendo esse assunto. Eu não vou dar um grau, mas vejo como uma possibilidade bem grande isso aí”.

Ao Metrópoles, Mourão afirmou na semana passada que o partido só teria a ganhar com a filiação do presidente, visto que ele daria uma expressão maior à sigla. A legenda não conta atualmente com representantes no Congresso Nacional. Além do vice-presidente, há 13 deputados estaduais distribuídos em oito estados e seis prefeitos.

O PRTB possui poucos recursos em caixa — tem direito apenas ao fundo eleitoral. Nas eleições municipais de 2020, o partido recebeu apenas R$ 1,2 milhão do fundo.

Nessa quinta-feira (6/5), Bolsonaro disse que o Aliança pelo Brasil, legenda que pretende fundar, dificilmente vai se formar ainda em 2021. Como opção, o presidente pontuou que está na reta final entre duas siglas, mas não citou quais.

“O Aliança, no meu entender, dificilmente vai se formar este ano. Tô acertando, na reta final, porque não posso escolher, é igual um casamento, né?”, disse Bolsonaro a apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

Na semana passada, Bolsonaro recebeu no Palácio da Alvorada a família Fidelix. As negociações estão sendo feitas com Levy Fidelix Filho, atual secretário-geral da sigla, e Aldinéa Fidelix, viúva de Levy Fidelix, fundador da sigla, que morreu de Covid no último dia 24.

Mourão fora da chapa presidencial

O vice-presidente também comentou a possibilidade de disputar uma cadeira no Senado Federal em 2022, visto que ele não deve ser escolhido para compor a chapa na disputa pela reeleição presidencial.

“Isso é uma possibilidade. Fui eleito, junto com o presidente Bolsonaro e a minha visão é acompanhá-lo até o último dia do mandato”, disse Mourão.

“Isso aí são sonhos de uma noite de verão”, completou Mourão em tom descontraído, sobre estar ao lado de Bolsonaro no PRTB em 2022.

Últimas notícias