Lula alertou Rui Costa: “Bolsonaro vai tentar jogar no seu colo”

Ex-presidente disse ter avisado o governador da Bahia de que o presidente atribuiria a morte do miliciano Adriano da Nóbrega a ele, Costa

Daniel Ferreira/Metrópoles

atualizado 18/02/2020 20:00

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que alertou o governador da Bahia, Rui Costa, que o presidente Jair Bolsonaro tentaria imputar ao baiano a responsabilidade sobre a morte do miliciano Adriano da Nóbrega, morto pela polícia baiana em uma operação realizada na semana passada.

O petista disse que terá uma nova conversa com o governador nesta quarta-feira (19/02/2020) para saber detalhes sobre o assunto.

“Esse cidadão não deveria ter sido morto, esse cidadão deveria ter sido preso. [Mas] Tenho certeza de que o Rui Costa é um homem de bem, que respeita os direitos humanos”, disse o ex-presidente, que insinuou que quem tinha interesse na morte do miliciano era Bolsonaro.

“Um governo que nasceu para contar a quantidade de mentira, de fake news que ele conta, ele só poderia inventar mais essa. Talvez amanhã eu converse com o governador Rui Costa, eu acho que o Rui Costa, quando viajei para a Itália conversei com ele, e falei: ‘Só tome cuidado que o Bolsonaro vai colocar no seu colo a morte do Adriano’. E é isso que está acontecendo”, disse o ex-presidente, ao deixar a reunião que teve com as bancadas petistas do Senado e da Câmara.

Últimas notícias